Prefeito Guimo assinou documento
  • Compartilhe no Facebook

Prefeito Guimo assinou documento da região do Planalto

Mais dois prefeitos assinaram a Carta de Intenções visando a instituição da uma nova Região Administrativa no Estado do Paraná. O documento conta agora com a adesão dos prefeitos de Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Mangueirinha e Palmas.

Na última sexta-feira (23) os prefeitos de Mangueirinha, Albari Guimorvan Fonseca dos Santos (Guimo) e de Coronel Domingos Soares, Valdir Pereira Vaz, se somaram aos prefeitos de Clevelândia, Álvaro Felipe Valério e de Palmas, Hilário Andraschko, e oficializaram a adesão à proposta do Movimento Palmas Desenvolvida pela criação de uma nova estrutura  política e administrativa na região, visando  garantir nos referidos municípios a instalação de secretarias regionais do governo do estado para atendimento das demandas  destas populações de forma mais próxima e eficiente.

12192949_1516705658640604_787707377_o
  • Compartilhe no Facebook

Prefeito Valdir Vaz também quer nova região administrativa

A assinatura ocorreu durante solenidade de entrega de uma viatura e instalação do serviço da Patrulha Rural pela Polícia Militar para estes municípios, em ato realizado na Associação Comercial e Empresarial de Palmas. O Prefeito de Clevelândia, Alvaro Felipe Valério e o presidente do Legislativo clevelandense, Edon Modena, assinaram o documento em 20 de agosto. O primeiro a formalizar adesão foi o prefeito de Palmas, Hilário Andraschko, em 13 de junho.

A intenção do Movimento é buscar o  apoio também do município de Honório Serpa, que também integra a sub-região do Planalto e posteriormente encaminhar o documento com as reivindicações ao governo do estado. A proposta para a região do Planalto já conta também com o apoio dos deputados estaduais, Bernardo Ribas Carli e Paulo Litro, ambos do PSDB, que após assinar a Carta de Palmas com esta reivindicação ainda em 2014.

assinatura1
  • Compartilhe no Facebook

Pref. Valerio e Ver. Modena

O propósito dos municípios é buscar um real reconhecimento pela grande contribuição econômica, política e social dos mais de 100 mil habitantes para o desenvolvimento do Paraná.  O documento assinado até agora pelos 4 prefeitos, destaca que nos últimos anos houve aumento na demanda por serviços públicos nesta microrregião que tem vasta extensão territorial e perfis geográficos, politico, econômicos e socioculturais e necessidades diferenciadas que não são contempladas pela atual  disposição administrativa regional.

Justifica a luta e busca por uma nova organização administrativa em função do atual distanciamento dos centros decisórios em Pato Branco, Francisco Beltrão e União da Vitória, deixando as populações dos municípios do Planalto longe do convívio e preocupações dos gestores públicos, resultando, muitas vezes, até no desconhecimento por estes dos problemas que assolam os moradores desde canto do Paraná. “Tal situação condição e situação interferem sobremaneira, no merecido processo de crescimento e desenvolvimento regional”, enfatiza a Carta.

DSC07103
  • Compartilhe no Facebook

Andraschko foi o primeiro a assinar

Defende que a criação da nova Região Administrativa(RA) do Planalto e a gradativa implantação de Núcleos de Educação, Saúde, Agricultura e da elevação da estrutura dos organismos de Segurança Pública, bem como outros órgãos públicos, estabeleceria eficiente e desejada relação Estado-Cidadão, eliminando as discrepâncias sofrida por estes municípios em relação aos demais da região que encontram-se muito bem servidos de estrutura de serviços governamentais.