Por Evandro Artuzi
Aproximadamente 50 mil pessoas são esperadas em Realeza entre os dias 08 e 11 de novembro, durante a edição 2012 de ExpoReal. A estimativa de público foi anunciada pelo prefeito Eduardo Gaieviski (PT), nesta segunda-feira (05), durante entrevista à Onda Sul FM, de Francisco Beltrão.

O prefeito lembrou que muitos investimentos foram feitos no Parque de Exposições, que até pouco tempo serviu como sede da UFFS, para acomodar da melhor maneira possível expositores e o público de modo geral. Também destacou a realização de shows com artistas de renome nacional em todas as noites da feira. Vão se apresentar no evento das duplas Milionário e José Rico; João Bosco e Vinicius; Munhoz e Mariano; e Conrado e Alecsandro.

Outra atração da feira será a presença do Caminhão da Sorte, da caixa Econômica Federal, que fará o sorteio das loterias caixa direto de Realeza ao longo dessa semana, a partir desta segunda-feira (05).
Programação :
Lotofácil: Segundas, quartas e sextas, a partir das 20 horas
Federal: Quartas e sábados, às 19 horas
Lotomania: Quartas e sábados, a partir das 20 horas
Quina: Segunda a sábado, a partir das 20 horas
Dupla sena: Terças e sextas, a partir das 20 horas
Mega-sena: Quartas e sábados, a partir das 20 horas
Timemania: Quartas e sábados, a partir das 20 horas

Apesar da festividade, o prefeito não deixou de lembrar o momento difícil enfrentado pelos municípios em virtude da queda no FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Segundo ele, somente o município de Realeza deixou de receber do governo federal nos últimos três meses, o valor de R$ 800 mil. Mesmo assim, manteve todos os compromissos nos setores essenciais, como saúde, educação e rodoviário.

Neste início de semana, mais uma vez, prefeitos da região Sudoeste estarão em Brasília com objetivo de sensibilizar a presidenta Dilma Rousseff (PT). Acompanhados do presidente da Amsop, prefeito de Salto do Lontra Luiz Carlos Gotardi (PMDB), os líderes municipalistas devem se encontrar com a Ministra Chefe da Casa Civil, Gleise Hoffmann (PT) e demais lideranças federais.