Dentro de 15 anos, a microrregião de Palmas – Clevelândia,Coronel Domingos Soares, Honório Serpa, Mangueirinha e Palmas, contará com uma população de 101 mil pessoas – crescimento de 5% – segundo projeção do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). Palmas, atualmente o 37º município do Paraná em população, deverá ser o 32º em 2030. Na contramão, os outros municípios que integram a microrregião terão redução no número de moradores.

Segundo o estudo, Mangueirinha perderá mais de 2,2 mil habitantes, chegando em 2030 com uma população de 15.016 pessoas. Coronel Domingos Soares terá cerca de 160 habitantes a menos, o que o deixará com 7.445 moradores em 15 anos. A maior diminuição será em Clevelândia, que atualmente tem 17,3 mil e deverá ter 14,5 mil em 2030. Já Honório Serpa, diminuirá de 5,7 mil para 4,2 mil. Considerando somente esses municípios, são 6,6 mil pessoas que deixam a microrregião.

Porém, em 2030, Palmas deverá ter 59.779 habitantes, cerca de 11,4 mil a mais que a população atual, estimada em 48.339, levando o contingente regional a superar as 100 mil pessoas.