Crédito da foto: Polícia Militar
  • Compartilhe no Facebook

Crédito da foto: Polícia Militar

Os Policiais Militares do 21º BPM e os Policiais Civis da 19ª SDP, de Francisco Beltrão, foram homenageados na cidade de Jacarezinho, Sede do 2º BPM, na última sexta-feira (02). Também foram agraciados policiais do 2º BPM, do BPRV, do BPAMB, 1º BPM e policiais do Estado de São Paulo, por terem participado ativamente na prisão de uma quadrilha especializada em roubo a bancos. O evento, que aconteceu na sede do SESC/SENAC do município, foi promovido pelo Comando Geral da Polícia Militar do Paraná e Comando do 2º BPM.

As prisões ocorreram nas cidades de Itaporanga/SP, Doutor Ulysses/PR, Colombo/PR, Pinhais/PR e Carlópolis/PR, nos dias 13 e 14 de setembro de 2015. A quadrilha, inclusive, agiu na região sudoeste do Paraná e os presos teriam confessado o roubo ao Banco do Brasil de Nova Prata do Iguaçu, ocorrido em 31 de julho. Outros roubos e explosões de caixas eletrônicos estão sendo investigados. A polícia quer saber os detalhes e onde mais a quadrilha atuou.

O Secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, enalteceu a integração entre as polícias civis e militares do Estado do Paraná e Estado de São Paulo. “Se para o crime não existem fronteiras, com essa ação de integração das forças policiais dos dois Estados demonstramos que juntos somos mais fortes”, comentou o Secretário.

O Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná, Coronel Maurício Tortato, destacou o profissionalismo e empenho de todos os policiais e evidenciou a sintonia entre as equipes do serviço de inteligência da PM  (P2) e as equipes operacionais. “Foi uma demonstração de extremo profissionalismo e dedicação, mas acima de tudo de confiança em que as equipes do setor de inteligência – e aqui destaco a equipe da Agência Local de Inteligência do 21º BPM – em relação às equipes do serviço operacional, as quais estavam em campo buscando os foragidos. O sucesso dessa operação somente se concretizou por essa relação de confiança mútua”, ressaltou o Comandante Geral.

Já o Comandante do 21º BPM, Tenente Coronel Samir Wassouf, manifestou a satisfação com a qualidade dos policiais militares que atuam sob seu comando. “Quem ganha com essa excelência no desenvolvimento da atividade policial é a nossa sociedade”, finalizou o Tenente Coronel Samir. A homenagem foi estendida à equipe da 19ª SDP, que sob chefia dos delegados Valderez Scalco e Sandro Spadotto deu início as investigações que resultaram na prisão da quadrilha.