• Compartilhe no Facebook

Os soldados homenageados foram: Sandra Schons, Leonardo Stocco, Cristiano Ferreira e Tiago Matos. Foto de divulgação

Os “Bravos Guerreiros da Policia Militar do Paraná” foram homenageados, nesta segunda-feira (18) no Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A sessão solene foi proposta pelo deputado Ricardo Arruda (PSL).  Que definiu a ação como reconhecimento da sociedade paranaense ao trabalho de 21 policiais que se destacaram nas funções por atos de coragem e solidariedade.

Receberam as homenagens policiais feridos em confrontos, equipes que evitaram suicídios, afogamentos ou prestaram serviços voluntários em prol da comunidade. De Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado, foram homenageados os soldados Sandra Schons, Cristiano Ferreira, Tiago Matos e Leonardo Stocco. Os quatro salvaram a vida de um bebê de 18 dias que se engasgou com leite materno. A ação rápida dos PMs fazendo o encaminhamento do bebê ao hospital foi determinante para salvar sua vida. O fato aconteceu no dia 4 de março.

O tenente-coronel Cavalheiro que na ocasião representou o comandante-geral da PMPR, coronel Péricles de Matos, destacou que cada policial militar honra a instituição e merece o reconhecimento. “Cada um que veste essa farda, que luta, é merecedor de todo o respeito e dos aplausos de nossa sociedade, merece com certeza essa homenagem”, disse.

O soldado Leonardo Stocco, um dos homenageados, disse que é muito bom ser reconhecido. “Uma honra ser homenageado, por que isso querendo ou não dar um ar a mais no serviço policial, a gente fica mais motivado e só temos a agradecer os parlamentares pela homenagem, isso é muito bem vinda pra nossa carreira e também pra vida pessoal”, declarou.

Homenageados

Foram homenageados 20 profissionais da Polícia e um secretário do Conselho de Segurança da cidade de São José dos Pinhais pelo trabalho voluntário prestado em favor da segurança da região.
Entre as ações que renderam a homenagem estão os relevantes serviços prestados por cinco profissionais em São José dos Pinhais, dois atos de bravura contra suicídios, quatro atos de bravura no salvamento de recém-nascido, dois atos de bravura em ações contra afogamento e seis atos de bravura durante confrontos.