Levantamento feito pela Polícia Rodoviária Estadual apontou 170 buracos nos 253 km de rodovias que compreende a circunscrição do posto de fiscalização de Palmas, sul do Paraná.  Os buracos foram constatados ao longo das rodovias PRc 280, PR 449, PR 459 e PR 281.

Do entroncamento da PRc 280 no trevo da Tia Joana em Palmas, seguindo pela PR 449 até a comunidade do São Pedro são 19 buracos. Na PR 459 até o entroncamento da PR 281, ao longo da via foram constatados seis buracos. De Mangueirinha até a Usina de Salto Segredo em Foz do Jordão, pela PR 459 existem oito buracos, além de afundamento na pista. Transitando pela PR 281 sentido a BR 373 é possível constatar a existência de 23 buracos. Já a PRc 280 uma das rodovias mais movimentadas da região foram constados do Rincão Torcido na SC 467 até a BR 153 na região do Horizonte, exatos 114 buracos na via.

Segundo o Sargento  Neyl comandante da Polícia Rodoviária Estadual, posto de Palmas, os buracos se abrem na pista devido as fortes chuvas que ocorreram nos últimos dias. Neyl destacou que o trânsito principalmente de veículos de carga pesada é constante nessas rodovias o que com a chuva favorece o rompimento da via, fazendo com que os buracos se formem.

Preocupado com o elevado número apresentado o sargento informou através de ofício os escritórios Regional Vale do Chopim e Médio Iguaçu em Pato Branco e União da Vitória, sob a responsabilidade dos engenheiros Marcos Vinícius Talamini e Fernando Hélio Martins, para que providências fossem tomadas.

Neyl destacou que os ofícios foram respondidos positivamente na última semana e as obras de tapa buraco já iniciaram. Além de auxiliar o DER o levantamento é uma força de prevenir acidentes.