A Polícia Militar vai estar atuando em toda região para garantir a segurança de eleitores e candidatos durante as eleições do próximo domingo, dia 02 de outubro. Em entrevista à Rádio Onda Sul FM, o capitão Rogério Pitz, do 21º Batalhão de Polícia Militar de Francisco Beltrão, afirmou que desde sábado, dia 1º, equipes estarão à disposição da Justiça Eleitoral para atuar.

Segundo ele, a intenção é evitar que ocorram problemas envolvendo candidatos e eleitores na região, por isso operações de fiscalização serão realizadas em todos os 26 municípios pertencentes ao Batalhão. Afirmou que a PM já vem atuando há vários dias verificando, junto com a Justiça Eleitoral, denúncias de possíveis compra de votos, entre outros fatos.

Capitão Rogério Pitz (21º Batalhão de Francisco Beltrão). Foto: Arquivo RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Capitão Rogério Pitz (21º Batalhão de Francisco Beltrão). Foto: Arquivo RBJ

O trabalho é desenvolvido também com apoio da Polícia Civil que, em Pranchita, prendeu um candidato a vereador e um cabo eleitoral na manhã de quarta-feira (28). Ambos foram localizados no interior do município com uma quantia em dinheiro, material de campanha e um talão de cheques com os canhotos em branco, o que caracterizou o crime eleitoral de compra de votos. Os dois foram atuados na Delegacia de Polícia de Santo Antônio do Sudoeste e só foram liberados mediante o pagamento de fiança no valor de R$ 10 mil.

Outro caso na área do Batalhão foi constatado em Verê. Na noite de terça-feira (27), um dos candidatos a prefeito teria sofrido um atentado no interior do município. Pessoas em uma moto teriam atirado contra o carro do candidato, que acionou a Polícia Militar. Em Francisco Beltrão, a polícia recebeu algumas denúncias de crimes eleitorais, mas nenhuma se confirmou disse Pitz.

Lei Seca

A lei seca esse ano, segundo determinação da Secretaria Estadual de Segurança do Paraná (Sesp), terá validade das 06 horas da manhã as 18 horas, somente no dia da votação, 02 de outubro.

Capitão Pitz lembra que a Polícia Militar estará fiscalizando bares, lanchonetes e demais estabelecimentos com intuito de fazer cumprir a lei. O comerciante que desrespeitar será punido, bem como o eleitor que estiver ingerindo bebida alcoólica.

Ouça a entrevista, na íntegra….