Após o recebimento de denúncia anônima na manhã de quinta-feira (23), a Polícia Militar de Chopinzinho constatou um caso de maus tratos a animais no Bairro Frei Vito. Em uma propriedade foi encontrada uma cachorra amarrada com uma corrente curta, tendo uma casinha sem cobertura para se abrigar, bem como o animal estavam sem água e ração.

  • Compartilhe no Facebook

Animal estava bastante debilitado e foi levado à uma clinica veterinária. Foto: Divulgação Adac

Além da PM, compareceu ao local um responsável pela ADAC (Associação de Defesa e Proteção dos Animais de Chopinzinho), que constatou o descaso dos proprietários para com o animal. Vizinhos relataram que um casal mora no local, porém ninguém foi localizado.

De acordo com a Polícia Militar, os donos do animal serão responsabilizados conforme previsto no artigo 32 da Lei 9.605/98 (Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa). O animal foi encaminhado a uma clínica veterinária para reabilitação e posteriormente ficará em um lar temporário.

Conforme o comandante do Pelotão da PM, Cabo Marcelo Besson, muitas denúncias são recebidas sobre a prática de maus tratos e, em caso de confirmação, os responsáveis estão sendo autuados e vão responder pelo atos. na medida do possível, as denúncias estão sendo averiguadas pela PM com acompanhamento da Adac.