Quatro pessoas, três homens e uma mulher, foram detidas pela Polícia Militar em Coronel Vivida, no Sudoeste do Estado, na tarde desta segunda-feira (10). As prisões ocorreram por meio do trabalho das equipes da Rotam e do Serviço Reservado, com apoio da Rádio Patrulha, após recebimento de uma denúncia anônima. Além das prisões, foram apreendidas armas de uso restrito e uma grande quantidade de munições.

  • Compartilhe no Facebook

Entre as armas apreendidas, a PM encontrou um Fuzil e uma Submetralhadora. Foto: Polícia Militar

De acordo com o sargento Rondineli Gruntowski, responsável pela P2, a ação policial começou a partir da abordagem de um veículo Ômega, onde foram encontradas munições de fuzil, calibre ponto 308. Em seguida, foi feita abordagem em um residência, sendo encontradas as demais pessoas, bem como apreendidos um Fuzil calibre ponto 308, com luneta para tiro de longo alcance; uma submetralhadora calibre 45, uma pistola calibre 9 milímetros, munições, tocas balaclavas (capuzes), um colete balístico e algemas descartáveis. Ainda, em buscas na casa do motorista do Ômega, foi encontrada uma pequena quantidade de maconha.

Entre os presos, foi localizado um foragido da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão desde 2013, identificado como Valderi Luiz Ferreira dos Santos, de 27 anos, popular “Urso”. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil para os demais procedimentos. A Polícia Militar acredita que o quarteto, que tinha locado a casa em Coronel Vivida a poucos dias, planejava executar algum crime na região.

Sargento Rondineli enalteceu o apoio recebido da comunidade. “As prisões e apreensões só aconteceram pelo fato de alguém ter denunciado e nossas equipes levado essa denúncia a sério, por isso pedimos que a população nos informe sempre pelo 181 ou 190, todas as informações são sempre verificadas”, disse.