Uma operação conjunta realizada entre a noite de segunda-feira (04) e madrugada desta terça-feira (05), envolvendo policiais Militares e Civis de Dois Vizinhos, no sudoeste do Estado, desmantelou uma quadrilha que vinha agindo na cidade há meses.

A ação resultou na prisão de Lucas Jurandi Maia, 20 anos, Alan Junior Tavares dos Santos,19 anos, e apreensão de dois irmãos adolescentes de 17 anos, envolvidos com tráfico de drogas e nos últimos homicídios onde foram vítimas Vilmar Pereira da Silva, 31 anos, atingido por um tiro na cabeça no dia 28 de julho, e Luciano Ferreira Machado, 26 anos, e Leonir Quintilhano, 20 anos, mortos a tiros em uma estrada no interior do município na manhã de domingo (03).

Os acusados foram encontrados em suas casas no Bairro Sagrada Família e numa propriedade rural. Com eles, foi apreendido um revólver calibre 38, que estava enterrado; 154 pedras de crack também enterradas; uma pistola calibre 9 mm com 18 munições; R$ 7.050,00 em dinheiro, inclusive algumas cédulas ainda sujas de sangue oriundas das vítimas do crime praticado no final de semana; e uma pequena quantidade de maconha.

Os quatro foram encaminhados à Delegacia de Polícia onde confessaram a autoria dos crimes. Um adolescente ainda deve responder por estupro presumido, uma vez que na sua casa foi encontrada uma adolescente de 13 anos que confessou estar mantendo relação sexual com o acusado há trinta dias.

O delegado chefe da 19ª SDP, David Ricardo Passerino e o representante do comando da 2ª Companhia da PM de Dois Vizinhos, Sargento André Peres, reuniram a imprensa na tarde desta terça-feira (05) para apresentar o resultado da operação. Conforme o delegado, o auxílio da Polícia Militar através da P2, foi de fundamental importância para o êxito da operação.

Além de esclarecer os crimes, a polícia também dá um passo bastante importante no combate ao tráfico de drogas,a final de contas os adolescentes eram responsáveis pela comercialização de droga em Dois Vizinhos. os envolvidos foram autuados e permanecem a disposição da justiça na carceragem temporária da Delegacia Regional de Polícia em Dois Vizinhos.