Depois de uma investigação que durou alguns meses, a Polícia Civil conseguiu recuperar parte de uma carga de fogões a gás, furtada em 2016 da indústria de fogões Atlas, de Pato Branco. Do total de 186, foram recuperados 133 nesta quinta-feira (16) numa operação denominada de “Chama Fria”.

A operação, bem como a investigação envolveu equipes da Polícia Civil de Pato Branco, onde está a indústria lesada, e Dois Vizinho, onde foi encontrado o produto do furto. Os fogões haviam sido adquiridos por um empresário de 57 anos da cidade de Dois Vizinhos, Sudoeste do Paraná.

Delegado Ricardo Moraes dos Santos deu detalhes sobre a investigação. Foto: Evandro Artuzi/RBJ
  • Compartilhe no Facebook

Delegado Ricardo Moraes dos Santos deu detalhes sobre a investigação. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

De acordo com o delegado Ricardo Faria Moraes dos Santos, quatro fogões estavam na loja do empresário, que fica na área central da cidade, e o restante foram encontrados em um depósito, também da loja. Além disso, 14 já haviam sido vendidos e os compradores foram localizados pela polícia. Pelo que a polícia apurou durante a investigação, a carga que tinha como destino o Mato Grosso foi desviado em fevereiro de 2016, há um ano, mas somente em outubro foi comprada pelo empresário Duovizinhense.

Para apurar a veracidade do ilícito, a Polícia Civil solicitou nas notas fiscais e o empresário alegou que não tinha disponível. Também foi apurado que os fogões vendidos à clientes da loja, não tiveram notas fiscais emitidas. O empresário foi preso e vai responder por receptação qualificada, cuja pena varia de três a oito anos de reclusão.

Conforme o delegado, o empresário afirmou informalmente que pegou aos fogões como parte do pagamento pela venda de um caminhão da empresa e sabia que não tinham nota fiscal. Clientes da loja, que compraram fogões, estão sendo intimados a comparecer na delegacia para prestar esclarecimentos.

A editoria o RBJ entrou em contato com Valdinei Wiilian Wotrich, um dos advogados do empresário. Segundo ele, na manhã desta sexta-feira (17) a defesa irá emitir uma nota oficial para a imprensa com um posicionamento sobre a prisão.

Fotos: Evandro Artuzi/RBJ