• Compartilhe no Facebook

“Macaco Louco” foi executado a tiros na madrugada do dia 16 de novembro. Foto de arquivo

A Polícia Civil de Chopinzinho por volta das 15 horas desta segunda-feira (17) mandado de prisão preventiva em desfavor de um comerciante de 40 anos, suspeito de executar a tiros Adenilson Telles, popular “Macaco louco”, de 34 anos. O crime ocorreu no dia 16 de novembro, no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Além da prisão, foi dado cumprimento aos mandados de busca e apreensão na residência e no estabelecimento empresarial do suspeito. A investigação contou com a participação da Polícia Militar, que contribuiu para a elucidação dos fatos.

Após a prisão, o suspeito foi interrogado e encaminhado à carceragem da 5ª SDP de Pato Branco, permanecendo à disposição da Justiça, o qual responderá pelo crime de homicídio qualificado.