Por Evandro Artuzi 

Na manhã desta quarta feira (18), policiais civis de Realeza, sob comando do Delegado Sandro Spadotto Barros deram cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Diego Giovane da Silva Cemin, 18 anos.

 

O mesmo é autor do duplo homicídio ocorrido em Ampére, no dia 14 de abril, sábado, onde foram vítimas Celso Rodrigues Nunes, 43, e seu filho Edinei Nunes, 20 anos.

 

O crime aconteceu num bar na comunidade de Linha Água Boa Vista, depois de uma discussão entre autor e vítimas.

 

Diego após ser preso assumiu que efetuou quatro disparos contra as vítimas, com uma pistola 9 mm de uso restrito das Forças Armadas. Ele foi encaminhado a delegacia de Realeza.