Por Evandro Artuzi
Foi esclarecido pela Polícia Civil de Marmeleiro, com apoio da Polícia Militar e 19ª SDP de Francisco Beltrão, o assalto à unidade do Sicredi ocorrido no dia 28 de setembro desse ano. Na oportunidade dois homens armados invadiram a agência, no centro da cidade, por volta das 12h30, e deram voz de assalto rendendo o gerente e funcionários, roubando certa quantia em dinheiro.

Ao deixar o local um dos envolvidos, Marcelo Alves de Oliveira, 24 anos, trocou tiros com a Polícia Militar e foi morto. O outro assaltante também foi ferido de raspão e conseguiu fugir com um Corsa. Buscas foram realizadas na ocasião, mas o suspeito e outros possíveis envolvidos não foram encontrados.

No decorrer das investigações, foi descoberto o proprietário do veículo. Trata-se de Aguinaldo Adriano Dal Bosco, morador em Francisco Beltrão e preso no dia 22 de outubro. Em depoimento, na companhia de sua advogada, confessou ter participado do assalto, afirmando ter sido contratado para fazer uma corrida aos assaltantes, os quais pagariam R$ 3.000,00.

Também foi decretada pela justiça de Marmeleiro, a prisão de Leonardo Correa, 22 anos, que se encontra foragido e teria sido ferido na mão durante a fuga. Com a prisão de Aguinaldo e identificação do segundo suspeito, foi concluído o inquérito policial que agora será analisado pelo Ministério Público, declarou o delegado de Marmeleiro, Valderez Scalco, que conduziu as investigações.

Conforme ele, o crime foi planejado e executado com elevada audácia, pois os envolvidos não fizeram questão de esconderem os rostos e não tiveram medo de invadir a agência em plena luz do dia. Scalco espera, agora, localizar e prender Leonardo para que o trabalho tenha êxito absoluto. Apesar da identificação e prisão dos envolvidos ter acontecido há vários dias, a polícia optou por divulgar somente nesta semana, isso por que tentava ainda localizar Leonardo na região.