Cumprimento de mandados judiciais hoje (03), pela manhã. Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Cumprimento de mandados judiciais hoje (03), pela manhã. Foto de divulgação

Após o cumprimento de mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (03), a Polícia Civil de Francisco Beltrão conseguiu elucidar o crime em que foi vítima Joel da Paixão, 18 anos, popularmente conhecido como “Batata”. O rapaz foi morto a tiros após ter sido agredido dentro de sua própria casa no Bairro São Francisco, por volta das 22h30 do dia 20 de novembro.

O crime foi praticado por três homens com os rostos cobertos que invadiram a casa, agrediram e depois atiraram várias vezes contra Joel, que morreu na hora. Além disso, renderam a namorada dele e uma amiga no momento em que chegaram na residência.

A partir do crime e de depoimentos de testemunhas, a Polícia Civil com auxílio do Serviço Reservado (P2), da Polícia Militar, realizou diligências e conseguiu identificar dois homens envolvidos no crime: Sérgio Mariano de Oliveira e Ezequias Antonelli.

Objetos roubados da vítima e recuperados pela polícia. Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Objetos roubados da vítima e recuperados pela polícia. Foto de divulgação

Ambos, que respondem por latrocínio pelo fato de ter roubado objetos da vítima, tiveram a prisão decretada pela justiça, após representação feita pelo delegado Valderez Scalco, chefe da 19ª SDP, mas nenhum foi encontrado. Sérgio e Ezequias são agora considerados foragidos da justiça. Durante o cumprimento dos mandados judiciais, a polícia prendeu em flagrante a mulher de um dos envolvidos no crime. Ela foi autuada pelo crime de receptação. Na casa foram encontrados objetos roubados na casa de Joel.

Conforme a polícia, o trabalho tem sequência na tentativa de encontrar os foragidos, bem como apreender os demais objetos roubados da casa da vítima. Informações podem ser prestadas à polícia através dos telefones 3905 – 2400 e 197 (Polícia Civil) ou 190 (Polícia Militar).

Ezequias Antonelli, popular "Gringo", e Sérgio Mariano de Oliveira são procurados pela polícia.
  • Compartilhe no Facebook

Ezequias Antonelli, popular “Gringo”, e Sérgio Mariano de Oliveira são procurados pela polícia.