Por Evandro Artuzi

Um crime registrado em dezembro de 2011 está prestes a ser esclarecido pela Polícia Civil de Francisco Beltrão. Trata-se do latrocínio ocorrido na madrugada do dia 04 de dezembro na Rua Giocondo Felipe, no Bairro Vila Nova, onde foi vítima o jovem Edenilson Anderson Molski, de 24 anos. Durante um assalto praticado por três pessoas, a vítima foi atingida por um tiro nas costas após estar deitado ao chão como ordenaram os assaltantes.

 

Do local foram furtadas três espingardas, celulares, dinheiro, jóias e outros objetos. No momento do assalto Edenilson participava de uma confraternização com amigos, entre eles, os proprietários da residência que eram seus patrões. Depois do roubo e da morte, os envolvidos fugiram sem deixar qualquer pista.

 

A polícia iniciou a investigação com base somente em informações repassadas pelas vítimas, mas aos poucos conseguiu identificar os possíveis envolvidos no crime. Na madrugada desta quarta-feira (28/03), vários mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Francisco Beltrão, pela Polícia Civil, na casa dos suspeitos.

 

Conforme o delegado chefe da 19ª SDP, David Ricardo Passerino, foi apreendida uma arma de fogo (Pistola), munições, algumas buchas de maconha, celulares e uma motocicleta, além da detenção dos suspeitos, com exceção de um que foi apresentado no final da tarde por seu advogado. Todos tiveram expedidos mandados de prisão temporária.

 

O delegado lembra que a investigação ainda não foi concluída. “Os detidos estão negando a participação no roubo e na morte, mas nós estamos tentando juntar o máximo de provas pra conseguir realmente elucidar o caso completamente. Não vamos usar meios proibidos pra chegar a isso, apenas provas do crime”, concluiu Passerino. A identidade dos suspeitos deverá ser revelada nesta quinta-feira (29), pela Polícia Civil.

Ouça entrevista com delegado David Passerino (19ª SDP)

 

Jovem é morto durante assalto em Francisco Beltrão