A Polícia Civil de Coronel Vivida deu cumprimento a 05 mandados de prisão nos últimos 30 dias. Investigadores de Coronel Vivida deram cumprimento, entre os dias 13 de julho e 05 de agosto a mandados de prisão contra 05 homens acusados pela prática dos crimes de homicídio, estupro de vulnerável, favorecimento da prostituição de adolescente, casa de prostituição, fornecimento de bebida alcoólica à adolescente, furto e embriagues ao volante. Duas dessas prisões ocorreram em colaboração com a polícia Civil do Rio Grande do Sul.

No dia 13 de julho foi preso em Honório Serpa, Sudoeste Paraná, Clarício Rodrigues dos Santos, 32 anos de idade, acusado pela prática dos crimes de favorecimento da prostituição, casa de prostituição e fornecimento de bebida alcoólica para adolescente.

No dia 24, foi preso em Coronel Vivida, João Maria da Cruz Lara, 54 anos de idade, foragido do sistema penitenciário e condenado pelo crime de homicídio qualificado. No mesmo dia (24), foi preso em Coronel Vivida, Altamir Soares de Lima, 36 anos de idade, condenado pela prática do crime de embriagues ao volante.

No dia 27 foi preso em Coronel Vivida, Odair José Branco, 24 anos de idade, acusado pela prática de furtos no estado do Rio Grande do Sul. No dia 05 de agosto, foi preso no município de Igrejinha/RS, Alfredo Potratz, 63 anos, acusado pela prática do crime de estupro de vulnerável, ocorrido em Honório Serpa/PR, em ação conjunta entre as policias civis dos dois estados.

O delegado Rômulo Ventrella, destacou o trabalho feito pelos policiais e ressaltou que, a Polícia Judiciária, na maioria das vezes trabalha de forma velada, com policiais sem farda, com viaturas descaracterizadas e a população não consegue ver estas ações, mas quando o resultado destas investigações aparecem e as prisões são feitas.