Objetos não tem nota fiscal e podem ter sido furtados. Foto: Evandro Artuzi
  • Compartilhe no Facebook

Objetos não tem nota fiscal e podem ter sido furtados. Foto: Evandro Artuzi

Policiais Civis de Francisco Beltrão cumpriram na sexta-feira (11), um mandado de busca e apreensão expedido pelo Poder Judiciário na residência de Nilton Cezar Bulin, suspeito de atos ilícitos na cidade. Ele foi preso pela Polícia Militar, na quinta-feira à noite com cerca de 200 gramas de crack, quando se preparava para deixar a cidade rumo a Santa Catarina. Como é suspeito de participar de furtos e roubos, a Polícia Civil solicitou autorização judicial para uma busca na casa e teve o pedido concedido.

No local foram apreendidos dois televisores tela plana 32 e 42 polegadas; receptor de satélite da OI TV com controle; secador de cabelo; um vídeo game Playstation; barbeador elétrico; esmeril e furadeira; aparelho de DVD; um relógio de pulso, entre outros objetos, todos sem comprovação de origem.

A polícia acredita se tratar de produtos furtados ou roubados, por isso estão todos a disposição da população na 19ª SDP (Subdivisão Policial) para reconhecimento. Conforme o delegado David Passerino, mesmo que reconhecido algum desses objetos, a retirada poderá ser feita só com a apresentação de nota fiscal.