Dois registros de crimes ambientais foram atendidos pela Polícia Ambiental de Francisco Beltrão durante o fim de semana no Sudoeste. Sábado (14), por volta das 13 horas, a equipe de plantão recebeu uma denúncia de desmatamento no interior de São João.

Durante averiguação foi constatado o fato. De acordo com a polícia, uma escavadeira hidráulica estaria sendo usada no desmate. Os responsáveis pela área foram questionados e declararam não ter autorização do IAP – Instituto Ambiental do Paraná.

Foi verificado o desmate de aproximadamente 1 hectare de vegetação nativa em estágio médio do Bioma Mata Atlântica, com 20 metros cúbicos de diversas espécie nativas.  Os responsáveis foram autuados e vão responder por crime ambiental.

Fotos: Divulgação Polícia Ambiental

Rinha de galo

O fato foi registrado na comunidade de linha Sertãozinho, interior de Salgado Filho. Por volta das 20 horas, após receber uma denúncia, a equipe de plantão esteve no local e constatou a existência de uma arena para a realização de Rinhas de Galo.

Cinco pessoas foram abordadas, os demais que participavam do evento ilícito conseguiram fugir. Os detidos foram identificados e também comprovada a existência de 18 galos que eram usados nas rinhas. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Civil.

Fotos: Divulgação Polícia Ambiental