Policiais Ambientais do Pelotão de Francisco Beltrão, Sudoeste do Estado, prenderam quatro pessoas acusadas de crime ambiental. O flagrante aconteceu na área rural de Clevelândia, neste domingo (29). Os detidos foram encontrados, após denúncia anônima.

Com eles, a polícia apreendeu duas espingardas calibre 12, uma espingarda calibre 22, um revólver calibre 38, além de munições calibres 12, 38, 22, 32 e até mesmo 7.62, para uso em Fuzil.  Além disso, durante busca nas residências dos detidos foi encontrada uma casca de Tatu, um Tatu congelado e duas patas de Veado Poca, configurando o crime de caça predatória.

Os envolvidos f0ram encaminhados à 5ª SDP de Pato Branco para o flagrante. De acordo com o comandante da 5ª Companhia de Polícia Ambiental, Capitão Nilson Figueiredo, as ações de fiscalização em 2017 serão intensificadas no Oeste e Sudoeste, com objetivo de combater qualquer tipo de crime ambiental na região.

Armas, munições e demais objetos foram entregues, junto com os acusados, na 5ª SDP, de Pato Branco. Foto: Divulgação Polícia Ambiental
  • Compartilhe no Facebook

Armas, munições e demais objetos foram entregues, junto com os acusados, na 5ª SDP, de Pato Branco. Foto: Divulgação Polícia Ambiental