Policiais Ambientais autuaram o proprietário de uma área de terras em Pinhão, no Centro Sul do Estado, por crime ambiental. Durante fiscalização na sexta-feira (5), foi constatado o corte de 156 Araucárias (Pinheiros), algumas em uma área de Preservação Permanente.

O corte das árvores, que estão ameaçadas de extinção, não havia sido autorizada pelos órgãos competentes. O responsável foi autuado, conforme prevê a lei que trata dos crimes ambientais. A madeira encontrada no local foi apreendida.

A Polícia Ambiental informa que as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas através do telefone 181 ou pelo e-mail: [email protected].

Fotos: Polícia Ambiental