A Polícia Ambiental de Francisco Beltrão, após recebimento de denúncia, apreendeu durante a semana passada no interior de Itapejara D’ Oeste, 143 aves silvestres que eram mantidas em cativeiro. Elas foram encontradas em duas residências que ficam numa mesma propriedade.

Entre as espécies encontradas no local, destaque para um Curió, um Bicudo e Araras, todas ameaçadas de extinção. Duas pessoas foram detidas e devem responder por crime ambiental. Também na propriedade, os policiais apreenderam quatro espingardas e munições.

Conforme o sargento Charles Civa, comandante do Pelotão da Polícia Ambiental, as aves que tinham condições foram soltas na sede do próprio pelotão eu fica numa área de preservação. As demais, incluindo as que estão ameaçadas de extinção, foram levadas ao zoológico da Unisep, em Dois Vizinhos. Lá elas serão avaliadas e, se houver condição, também serão soltas, caso contrário serão mantidas no zoológico.

Fotos: Evandro Artuzi/RBJ