A Polícia Ambiental de Francisco Beltrão, no sudoeste do Estado, estourou mais um local que era utilizado para a realização de rinha de galos. Dessa vez o flagrante aconteceu na comunidade de Linha Aparecida, interior de Manfrinópolis. Após receber uma denúncia anônima, uma equipe esteve numa propriedade onde flagrou várias pessoas participando do evento ilícito.

Alguns frequentadores fugiram correndo para um matagal e não foram localizados, no entanto a polícia anotou as placas dos carros para posterior identificação. Quem não correu foi autuado e vai responder pelo crime, junto com o responsável pela organização da rinha.

Além do crime ambiental, os envolvidos ainda vão responder por maus tratos a animais, uma vez que foi constatado galos feridos. Na propriedade foram ainda apreendidos apetrechos utilizados durante as rinhas.

Fotos: Polícia Ambiental