A Câmara de Palmas, sul do Paraná, gastou neste ano de 2014 mais de R$ 200 mil com diárias, despesas com viagens  e inscrição para realização de cursos de capacitação para vereadores e servidores. Os dados são do Observatório Social- OBS/Palmas com base nas informações no Portal da Transparência do Poder Legislativo local, referentes ao período de janeiro a agosto deste ano de 2014.

RELATORIO

Conforme o organismo entre os meses de maio a agosto houve uma redução de 75% em relação ao quadrimestre anterior que teve um valor contabilizado de aproximadamente R$ 180 mil reais. Do total (R$ 224.482,00), foram destinados R$13.990,00 para inscrições para cursos e outros R$ 5.527,54 com aquisições de passagens. Os demais recursos foram destinados a concessão de diárias a vereadores e servidores.

O OBS também divulgou o quanto cada um dos vereadores recebeu no período, sendo o único a ter qualquer recurso foi Acioli Ribas.

Adilson Piran – R$ 15.213,63
Alberto Thaler – R$ 13.102,50
Cidinei Alembrandt –  R$ 11.244,85
Cristien Galli –  R$ 14.624,92
Edson Ferreira Kemes – R$ 13.905,51
Joana Darc Franco de Araujo – R$ 8.393,72
Jocélia Paim – R$ 2.992,15
Luis Otávio Sendeski – R$ 12.559,07
Marcos Gomes – R$ 12.850,41
Márcio Rafael Mergen Lima – R$ 16.189,16
Nilo Deitos – R$ 9.196,83
Wilmo R. Correia da Silva – R$ 1.700,73

No município os gastos são normatizado pela resolução 01/2014 da Câmara de Vereadores. Para fora do estado a diária tem valor fixado em R$ 629,93. Para deslocamento no Paraná, os vereadores e servidores tem direito a R$ 566,91. Já na região, o valor é de R$ 236,22.

RELATORIO