por Ivan Cezar Fochzato

 

Equipes da ROTAM e de Patrulhamento Ostensivo da 2º Companhia da Polícia Militar de Palmas foram acionadas ontem(03) para auxiliar  a polícia de Água Doce, Santa Catarina, com objetivo de prender a assaltantes que agiram na Fazenda São Rufino, na localidade de Três Pinheiros, no território catarinense na divisa com Palmas.

 

Na quarta-feira pela  manhã, os bandidos renderam uma mulher na referida propriedade rural sendo que o fato só pode ser comunicada  a Polícia Militar, próximo do meio dia quando o marido da vítima, conseguiu repassar ocorrência à  força policial. A mulher,47, relatou que um homem encapuzado e armado de revólver chegou à sede da fazenda já de arma em punho e apontou para a vítima.

 

A mulher foi amarrada e obrigada a deitar no chão com um cobertor sob a cabeça. A vítima pode perceber que pelo menos mais dois homens participavam da ação. Eles estariam em uma camionete de cor preta, provavelmente uma GM/D 20. Da fazenda eles roubaram gasolina de outros veículos e as chaves de outras duas casas, de onde furtaram uma pistola calibre 9 mm e um revólver calibre 38, que não eram registrados.Os bandidos levaram também jóias que estavam no cofre, dois  televisores, dois receptores de antena parabólica, um computador e alimentos.

 

Conforme o Tenente Agnaldo César Pereira, comandante da 2º Cia de Palmas, tão logo tomou conhecimento do fato mobilizou a equipe da ROTAM que saiu em apoio a polícia de Santa Catarina no sentido de prender os ladrões. Uma equipe de RPA ficou de campana no Trevo da Codapar, um dos acessos aos municípios de Água Doce, Passos Maia e Ponte Serrada, um dos caminhos que os bandidos poderiam utilizar para a fuga. Conforme o comandante da PM, até o momento, não foi possível localizar os meliantes, mas os trabalhos de investigação continuam.