Nos próximos dias deverá ser concluída a semeadura das lavouras de soja e milho na microrregião de Palmas, Coronel Domingos Soares, parte de Clevelândia e Mangueirinha. Pelo seu clima frio, esta região realiza o plantio mais tarde em relação aos demais municípios da região Sudoeste. Nos 15 municípios do Núcleo da SEAB de Pato Branco serão cultivados aproximadamente 330 mil hectares com soja e outros 50 mil com milho.

Conforme o engenheiro do Departamento de Economia Rural da SEAB, Josemar Banach Fonseca, o plantio está num ritmo acelerado. Os produtores, que enfrentaram longo período de chuva no mês de outubro, aproveitaram os últimos 15 dias para plantar mais da metade das lavouras.

Como alguns ainda realizando a colheita do trigo, somente com a liberação das áreas é que poderão plantar as novas culturas. Com isso, a previsão é de que somente na próxima semana esteja totalmente concluído nesta microrregião. Projetou que nos próximos meses a região deverá ter condições de clima favoráveis, uma vez que há 80% de chance de ser atingida pelo fenômeno El Niño, que trará mais chuva, beneficiando as lavouras.

Na safra passada, nos 15 municípios, houve recorde na produção de soja com 1 milhão e 203 mil toneladas colhidas. Já para o milho foi a menor safra dos últimos anos, por conta da redução da área plantada. Dos 370 mil hectares apenas 4,7% foi ocupada com o grão. A produção nas lavouras de soja da microrregião não sofreram os impactos climáticos tiveram uma produtividade média de 140 e 150 sacas por alqueire.