Será realizada na próxima terça-feira (11 de fevereiro), em Marmeleiro, uma audiência pública para a apresentação do Plano Regional de Atuação de Combate à Corrupção, elaborado pelas promotorias de Justiça de 14 municípios do Sudoeste do estado. O objetivo é mostrar à sociedade a proposta e as medidas adotadas pelo MP-PR para executá-la, bem como repassar orientações sobre como o cidadão pode dirigir às promotorias de Justiça denúncias de eventuais atos de corrupção.

A realização da audiência pública faz parte da segunda etapa do projeto, que pretende estabelecer estratégias conjuntas para o tratamento de problemas comuns nos municípios da região, em especial no que se refere ao controle da Administração Pública. Na primeira fase, foram enviadas 81 Recomendações Administrativas a órgãos públicos dos 14 municípios envolvidos na ação, todos solicitando a realização de adequações no quadro de servidores. Os ajustes, estabelecidos pelo Ministério Público do Paraná, referem-se ao número de funcionários com cargos em comissão, à contratação de parentes (nepotismo) e à manutenção de procuradores municipais não concursados.

Além de Marmeleiro, outros municípios que integram a Seção de Realeza devem realizar audiências públicas na próxima semana. A audiência de Marmeleiro, realizada na forma de exposições e manifestações verbas e escritas por convidados e participantes, será conduzida pelo promotor de Justiça Rafael Dopico da Silva.