A fundação Holandesa Mars One anunciou ontem, 10 de dezembro, que assinou acordos com as empresas Lockheed Martin e Surrey Satellite Technology para o envio ao planeta Marte,  em 2018, robôs que prepararão a colonização de humanos que viajarão para lá sem retorno.

A fundação holandesa, sem fins lucrativos, já recebeu mais de 170 mil solicitações de voluntários do mundo todo que estão dispostos a ir ao planeta cor de sangue. 

As órbitas elípticas da Terra e de Marte chegam a seu perigeu (mais próximas) a cada dois anos quando a distância entre os dois planetas é de cerca de 50 milhões de quilômetros. É neste momento que as agências espaciais aproveitam para lançar sondas exploratórias em direção à Marte.  A viagem até o planeta vermelho poderá durar de 10 a 12 meses, dependendo da velocidade de lançamento.

Bas Lansdorp, cofundador e principal executivo da Mars One, disse em comunicado que sua organização está muito entusiasmada com a assinatura de outros acordos para que a primeira missão à Marte se torne realidade.
Primeiramente serão os robôs em 2018 e  quatro anos depois, em 2022 a primeira nave tripulada por colonizadores terráqueos poderá ter seu lançamento concretizado.