O investimento em qualidade, em produtos e em gestão rendeu para uma pequena empresa de Marmeleiro, no sudoeste do Paraná, o direito de usar oSelo Alimentos do Paraná” nos rótulos dos seus produtos e materiais de divulgação. A conquista veio depois de seis meses de consultorias, treinamentos, avaliações e auditorias, que apontaram para o atendimento de exigências previstas em leis relacionadas a produtos e processos, bem como da melhoria das ferramentas de gestão empresarial seguindo critérios da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

A certificação feita pelo Programa Selo Alimentos do Paraná, iniciativa do Sebrae/PR, em parceria com a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), atendeu 22 empresas do Estado em 2014, sendo um reconhecimento à qualidade dos processos de produção e de gestão empresarial para  indústrias, agroindústrias e distribuidoras de alimentos e bebidas do Estado.

A empresária Liane Maria Antes Monteiro lembra que a conquista não foi fácil e exigiu dedicação, mudanças de atitude e investimentos na estrutura da indústria que produz doces, como paçoca e pé de moleque. Liana relata que, no início, o diagnóstico apurou que a empresa estava apenas 32% em conformidade com o Programa Selo Alimentos do Paraná. Hoje, depois de concluído, fechou em 91%, o que garantiu o acesso ao selo.

“Foi um período intenso, de muitas mudanças, mas que valeu a pena. Hoje, já podemos ver o resultado refletido nos negócios. Agora, com o selo, vamos ter mais um diferencial de mercado e nos sentimos mais preparados para avançar com o empreendimento”, detalha.

Liane conta que a indústria passou de nove para 13 funcionários e projeta um aumento de 30% na produção, que hoje gira em torno de 80 toneladas/mês.  Além das mudanças no aspecto estrutural e de gestão, a empresária destaca o envolvimento dos colaboradores no processo. “O Programa mexeu também com toda nossa equipe, o que é fundamental para obtermos essa conquista. Agora temos o desafio de manter esse ritmo para continuar crescendo”, revela a empreendedora.

O consultor do Sebrae/PR, Sabino Oltramari, lembra que o “Selo Alimentos do Paraná” é um instrumento que pretende atestar, além da qualidade dos alimentos, a eficiência da gestão, promovendo o acesso ao mercado para as micro e pequenas empresas do setor de alimentos. “O Programa auxilia e potencializa empresas, produzindo resultados na qualidade e segurança alimentar, na gestão, e que também demonstram respeito ao consumidor. Isso valoriza o negócio e abre novas portas no mercado”, completa.

Sabino diz que os empresários não podem perder a oportunidade e lembra que está aberto o edital 2015, onde serão atendidas 120 empresas da indústria, agroindústria e distribuidoras de alimentos e bebidas.  Mais informações pelo site http://www.sebraepr.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/Selo-Alimentos-Paraná-home ou pelo 0800 570 0800.