Vanderlei Verdi esteve nesta manhã na Rádio Difusora falando sobre os motivos que o levaram a tomar a decisão de renunciar o cargo. Foto: Wagner Salgado.
  • Compartilhe no Facebook

Vanderlei Verdi esteve nesta manhã na Rádio Difusora falando sobre os motivos que o levaram a tomar a decisão de renunciar o cargo. Foto: Wagner Salgado.

O pedido de renuncia de Vanderlei Carlos Verdi (PSL) ao cargo de vice-prefeito de Chopinzinho pegou de surpresa a população do município. A carta de renúncia enviada ao Legislativo municipal na terça-feira (27) despertou a curiosidade dos munícipes em saber os motivos que levaram Verdi a tomar esta decisão.

Em entrevista à Rádio Difusora América na manhã desta quarta-feira (27), Vanderlei Verdi disse que os principais motivos para tal decisão, foram à falta de diálogo com a administração e o pedido feito no dia 27 de Janeiro deste ano por algumas lideranças municipais para que ele estivesse menos presente na gestão.

“Licenciado do serviço público, somente com o mandato para me dedicar tentei me aproximar estar mais presente da administração, mas no dia 27 de janeiro deste ano as principais lideranças do nosso grupo político fizeram uma reunião na qual solicitaram para que eu não estivesse tão presente. É claro, não iniciei hoje no mundo político e conheço um pouco do que é a administração pública e entendo a hierarquia, e entendo também a função de administrar o município e de quem está com as decisões é de fato o prefeito, jamais o vice ou na minha pessoa queria sobrepor a função do prefeito, mas queria sim colaborar com sugestão, com discussão, com ideias, mais foi pedido então que eu estivesse menos presente na gestão”, disse Verdi.

Nesta manhã de quarta-feira (27), o prefeito Álvaro Scolaro foi procurado pelo Departamento de Jornalismo da Rádio Difusora, o qual disse que estará se inteirando dos motivos desta decisão tomada por Vanderlei Verdi e que nos próximos dias estará emitindo uma nota oficial sobre o assunto.