A PCH (Pequena Central Hidrelétrica) Foz do Estrela, em processo de instalação no Rio Iratim, em Coronel Domingos Soares, Sudoeste do Paraná, fechou contrato de venda de energia em leilão realizado no último mês, pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Com potência instalada de 29,5 megawatts (MW), a central hidrelétrica deverá vender 4,6 milhões MW/h (megawatts/hora) à R$ 220,74 cada MW/h.

O projeto da PCH tramita na Agência Nacional de Energia Elétrica desde 2002. Em abril de 2014 foi realizada a Audiência Pública, onde foram apresentados os Estudos e Relatórios de Impacto Ambiental. Conforme o projeto, a barragem para formação do reservatório terá 292 metros de extensão entre as margens do rio e 46 metros de altura máxima. O lago da PCH Foz do Estrela terá 181 hectares de área, sendo que 47 hectares representam o leito natural do rio. A área inundada será de 134 hectares.

Para a integração da usina ao sistema de transmissão de energia elétrica será construída a Linha de Transmissão de 138kv com cerca de 50 km de extensão que ligará a subestação da PCH Foz do Estrela até a subestação de Palmas, Sul do Paraná. Em maio de 2015, a Brookfield anunciou o recebimento da Licença Prévia para a construção da PCH.

Atualmente, o empreendimento está outorgado à São Luiz Energética, empresa do grupo Brookfield. Através de uma animação 3D, divulgada no ano passado, é possível acompanhar detalhes sobre o projeto.