Por Larissa Mazaloti e Evandro Artuzi

 

Na noite desta sexta-feira (22) foi a vez dos simpatizantes da candidata do PT Dilma Rousseff se reunirem no sudoeste. Em Pato Branco, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo reuniu prefeitos, vices e vereadores para pedir o apoio à Dilma no segundo turno.

 

Ele falou para a Onda Sul FM e comentou sobre a corrida eleitoral. Na opinião dele, a sucessão do governo Lula deve ser de continuidade dos programas e políticas sociais e critica agressões ou tentativas de agressões físicas à Serra e Dilma, registradas nesta semana.

 

O ministro diz também que há uma distorção na questão do aborto e que ambos os candidatos, na realidade pensam algo em comum: não são favoráveis ao aborto.

 

Ouça