Na manhã de quarta-feira (17), o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, apresentou a programação do II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense, que acontece no dia 25 de fevereiro, no Centro Regional de Eventos, das 08 às 17 horas. O evento é organizado pela Rede Cidade Digital (RCD), em parceria com o Município e a Associação dos Municípios do Sudoeste (Amsop). Representantes de diversas entidades conheceram a programação, incluindo instituições de ensino superior e organizações ligadas ao desenvolvimento tecnológico local.
 
Além de reunir gestores da região, o II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense trará a Pato Branco profissionais que são referência nacional, entre eles o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia. Haverá a presença, ainda, de representantes do Governo Federal e Estadual, que falarão sobre ações de inclusão digital e sobre o Marco Civil da Internet, a exemplo do secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Gabriel de Carvalho Sampaio.
 
Segundo Zucchi, a expectativa é grande em relação ao evento, que contribuirá para agregar ainda mais inovação ao planejamento municipal e para aprimorar os projetos desenvolvidos em Pato Branco. “Teremos a participação de profissionais e lideranças ligadas à área de Tecnologia da Informação, onde mostraremos o trabalho desenvolvimento pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, assim como o potencial da região Sudoeste do Paraná”, reforçou.
 
Em 2015, Pato Branco foi reconhecida enquanto Cidade Digital pela RCD, devido às ações da municipalidade que utilizam a tecnologia para atender as demandas da população, assim como pelo estímulo à vocação inovadora e ao empreendedorismo local.
 
“Trabalhamos para consolidar Pato Branco enquanto polo tecnológico e referência para o país. Ao recebermos esse Fórum regional, confirmamos que estamos no cenário nacional enquanto uma cidade digital e inteligente, que possui produtos e soluções inovadoras, assim como uma Educação de qualidade, onde a inclusão digital começa ainda na infância”, completou Zucchi.
 
Os projetos que colocaram Pato Branco em evidência no cenário nacional e que contribuíram para que a cidade recebesse o evento, referem-se à estruturação feita pela Prefeitura a partir da interligação dos prédios públicos via rede de fibra ótica, a implantação de câmeras de vigilância, inclusão digital na Rede Municipal de Educação com a oferta de tablets educacionais, o sinal gratuito de Internet na praça Presidente Vargas, bem como a modernização da coleta de lixo – ações que conduziram o município a ser reconhecido como Cidade Digital.
 
O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra, afirmou que o Fórum será um evento de integração com a tecnologia. “Haverá diversos assuntos relevantes sendo abordados, voltados a profissionais, estudantes e comunidade em geral. A intenção é que a população compreenda a importância da tecnologia para concretizarmos o desenvolvimento de Pato Branco e região”, completou Géri.
 
As inscrições para o II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense estão abertas e são gratuitas, e devem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br/patobranco. O evento tem apoio da Acampar, Acamsop, Assespro PR, Cantu e Agência de Desenvolvimento do Sudoeste. Conta com o patrocínio ouro da Exati Tecnologia, IDS e Ampernet Telecom e prata da Huner TI Colaborativa.