Por Luiz Carlos Bittencourt

 

       A Pastoral da Criança da Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, de Capanema, comemorou os 25 anos de implantação. A pastoral iniciou suas atividades no ano de 1985 com o apoio do pároco da época, Pe. Herman.
No dia 6 de novembro, 2010, foi realizada celebração eucarística em ação de graças pelos 25 anos da Pastoral da Criança. A missa foi presidida pelo Pároco Pe. Dirceu Lopes, concelebrada pelo Pe. Jorge Schafaschek (assessor diocesano da Pastoral da Criança) e o Pe. Renê. Fizeram-se presentes Clarice Siqueira (coordenadora estadual da Pastoral da Criança – Arquidiocese de Maringá), Jurandi Oliveira (coordenadora da Pastoral da Criança na Diocese de Palmas-Francisco Beltrão), autoridades municipais, líderes e comunidade em geral.

       Atualmente estão cadastradas na Pastoral da Criança em Capanema, 500 crianças, 421 famílias, de 39 comunidades, com o trabalho realizado por 100 líderes.

        Para a coordenadora da Pastoral da Criança, em Capanema, Dileta, que está na pastoral desde o seu início, comemorar os 25 anos de trabalho, é um momento especial: “Neste período muitas crianças passaram pela Pastoral da Criança. Tivemos muitos desafios no início das atividades, sem recursos para a realização do trabalho, mas a comunidade soube responder o chamado e fazer com que a pastoral seguisse. As crianças são a razão do meu viver”.

         Conforme o Pe. Dirceu, este é um momento especial em celebrar os 25 anos de valorização da vida das crianças, através da Pastoral da Criança: “É um trabalho de doação das 100 líderes. Realizando esta ação estamos defendendo a vida e pelo amor às nossas crianças”.

       A coordenadora estadual da Pastoral da Criança, Clarice Siqueira, ressaltou a importância da atuação da Pastoral em Capanema: “Representa a vida e a esperança. É importante destacar também a perseverança no trabalho da Dileta, coordenadora paroquial, este é um dia de festa”. Clarice deixou uma mensagem às líderes: “Sintam-se motivadas, tendo como exemplo Maria Santíssima, a nossa primeira líder. Que nossas líderes sejam abençoadas por Maria”.

       Para a coordenadora diocesana Jurandi Oliveira, atingir 25 anos de trabalho com as crianças é significativo para a diocese: “É uma grande satisfação quando uma paróquia atinge este trabalho em favor das crianças. 25 anos salvando vidas é a maior alegria que uma pessoa pode sentir trabalhando na Pastoral da Criança”.