Por Larissa Mazaloti (Informações da Assessoria)

 

Durante reunião do CNPG (Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União), o MP (Ministério Público) anunciou uma nova campanha para a eleição 2010, que acontece no próximo domingo, dia 3 de outubro.

 

O lema da campanha é “Passado Sujo Não Dá Futuro. Vote Limpo!”, e a campanha tem o apoio de organizações públicas, privadas e do chamado terceiro setor, e é parte de uma campanha mais antiga, lançada ainda em 2004, com a chamada “O que você tem a ver com a corrupção?”. A iniciativa é dirigida aos mais diferentes públicos, principalmente àqueles jovens que votarão pela primeira vez.

 

Para o presidente do CNPG e procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior Neto, o MP brasileiro cumpre, com o lançamento de mais esta campanha, o seu efetivo papel de defesa do regime democrático. “Infelizmente nosso processo eleitoral está sempre marcado pelo abuso do poder econômico, pelo uso da máquina administrativa, o que viola o princípio constitucional democrático da soberania popular” argumenta. Ele diz acreditar que será um importante avanço se, ainda nessas eleições, os eleitores forem levados à análise dos candidatos e do comportamento deles no passado.

 

A campanha “Passado Sujo Não Dá Futuro. Vote Limpo!” será permanente para, de acordo com o promotor Sérgio Machado, educar o eleitor para que ele evite colocar nos cargos políticos pessoas que não tenham condições de exercê-los.