O  Papa Francisco lançou nesta quarta-feira um apelo em favor da iniciativa “Um minuto pela paz”, nesta quinta-feira, 8 de junho.  Conforme a mensagem, às 13 horas, renova-se em diversos países a iniciativa: “Um minuto pela paz”, isto é, um pequeno momento de oração na recorrência do encontro no Vaticano entre o Papa, o falecido Presidente israelense Peres e o Presidente palestino Abbas. “Em nosso tempo, há tanta necessidade de rezar – cristãos, judeus e muçulmanos – pela paz”, diz o Santo Padre.

A iniciativa – realizada em vários países – é apoiada em nível internacional também pelo Fórum Internacional da Ação Católica (FIAC) e pela União Mundial das Organizações Femininas Católicas (UMOFC).

Este “minuto” poderá ser vivenciado em grupo ou individualmente, na rua ou em uma igreja, em família, na escola, no local de trabalho, na fábrica, no escritório, enfim, no local onde for possível recolher-se brevemente em silêncio.

A data recorda o terceiro aniversário do histórico encontro realizado no Vaticano em 8 de junho de 2014,  e que reuniu o Papa Francisco, o Patriarca Bartolomeu  e os Presidentes de Israel, Shimon Peres (falecido 28 de setembro de 2016), e da Palestina, Abu Mazen. (JE)