O consumo de água em Palmas, Sul do Paraná, apresentou redução de 1,5% em 2018, segundo dados da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná). O consumo total medido no município de Palmas, no Sul do Estado, no último ano foi de 1,689 bilhão de litros. Em 2017 a companhia contabilizou 1,716 bilhão de litros.

Em média, os palmenses consumiram 4,63 milhões de litros de água por dia, ou 192,9 mil litros por hora; 3,2 mil litros por minuto; 53,5 litros por segundo.

Segundo a Sanepar, são captados 300 mil litros por hora, em média, o que representa 6,6 milhões por dia, que são enviados ao Sistema de Tratamento e distribuídos à unidades ligadas ao sistema de abastecimento. A estatal tem projetos para o aumento dessa capacidade em 40%.

O inicio e final de ano são períodos com maior consumo, por conta das temperaturas mais elevadas. A Sanepar orienta os consumidores a adotarem medidas simples, como como fechar a torneira durante a escovação dos dentes, ao fazer a barba, ensaboar as mãos ou ao lavar as louças. Para a limpeza de calçadas, utilizar vassoura e não a água da mangueira para tirar a areia, folhas e outros dejetos.

Sobre a manutenção das piscinas, a Sanepar lembra que não é necessário trocar a água da piscina diariamente. “Para manter a qualidade da água, basta adicionar água sanitária com cloro ativo, o que é suficiente para deixar a água livre de bactérias e sem aspecto sujo. A recomendação é adicionar 10 ml de água sanitária para cada 100 litros de água.