por Ivan Cezar Fochzato( com fonte TJ/PR)
 

Na próxima quarta-feira(19),o STJ ( Superior Tribunal de Justiça) fará a comunicação oficial da convocação do desembargador Jonny de Jesus Campos Marques para exercer a função de substituição de ministro da Corte Superior, em Brasília.É a primeira vez que o Tribunal de Justiça paranaense terá um desembargador convocado para o STJ. O convite partiu do presidente Félix Fischer e surgiu, também, em decorrência da aposentadoria do ministro Asfor Rocha.

 

Palmense

 

Jonny de Jesus Campos Marques nasceu em Palmas (PR) em 20 de setembro de 1945. Em 1971 formou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba. Em 1972, após concurso público, ingressou no Ministério Público do Paraná. Exerceu suas funções nas comarcas de Francisco Beltrão, Santo Antônio do Sudoeste, Clevelândia, Pato Branco, Rio Negro, Lapa e Araucária. Em 1975 foi promovido ao cargo de Promotor de Justiça, tendo exercido suas atividades nas comarcas de Cândido de Abreu, Mandaguaçu, Foz do Iguaçu, Londrina e Curitiba.

 

Na Capital, exerceu os cargos de assessor do procurador-geral de Justiça, adjunto da Corregedoria- Geral do Ministério Público. Promovido, pelo critério de merecimento, em agosto de 1990, ao cargo de procurador de Justiça, junto à 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Alçada. Foi nomeado Juiz do Tribunal de Alçada, vaga do Quinto Constitucional, destinada ao Ministério Público, em março de 1992. Nomeado desembargador do Tribunal de Justiça, em 15 de fevereiro de 2002, também pelo Quinto Constitucional.