Um homem foi preso no final da manhã deste sábado, 22, por estelionato em um supermercado de Concórdia, Santa Catarina. A ocorrência foi por volta das 11h30 em um estabelecimento na rua Imperial, bairro Itaíba.

Ele é o filho fizeram compras e na hora de pagar apresentaram um cheque no valor de R$ 1.255 em nome de uma empresa do ramo da construção civil de Concórdia. A atendente estranhou o valor elevado e, desconfiada, foi aos fundos do supermercado e chamou a Polícia Militar.

A guarnição foi ao local e conversou com os homens. O pai se identificou como Edson Reinaldo Carvalho Ozório. O filho de 18 anos o acompanhava. Contudo, os policiais perceberam sinais de adulteração no RG que tinha o nome mencionado pelo suspeito.

No carro, aguardava a ex-mulher do homem supostamente chamado Edson. Ela desmentiu o ex-companheiro e falou que ele se chama Paulo Sérgio Guimarães Ferreira de Jesus, 37 anos, natural de Palmas, Paraná.

Em consulta ao sistema os policiais confirmaram que o nome verdadeiro do suspeito era o que foi dito pela mulher. Os três são residentes no estado vizinho.

Contatado, o dono da empreiteira cujo cheque foi apresentado no supermercado informou que não possui conta no referido banco, HSBC, e nem com a titularidade da empresa mencionada.

Paulo Sérgio Guimarães Ferreira de Jesus foi conduzido à Central de Polícia para os procedimentos e autuação por estelionato e falsa identidade. O filho também foi conduzido para prestar esclarecimentos.