Seguindo a tendência do inicio do ano, Palmas, Sul do Paraná, fechou o primeiro quadrimestre de 2016 como o segundo município que mais gerou empregos no Estado, ficando atrás somente de Capanema, Sudoeste paranaense. Entre janeiro e abril, Palmas obteve um saldo de 588 novos postos de trabalho, contra 1.816 gerados pelo município sudoestino, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Considerando a microrregião de Palmas – composta também pelos municípios de Coronel Domingos Soares, Honório Serpa, Clevelândia e Mangueirinha – Palmas está na 4ª posição no Estado com 556 novos empregos, atrás das microrregiões de Capanema, Toledo e Astorga.

O setor agropecuário foi o que mais empregou na microrregião, com 561 postos de trabalho no quadrimestre. O setor de serviços foi o 2º, com 47 novas vagas. Por sua vez, construção civil e comércio foram os que mais demitiram, com mais de 60 desligamentos.