O município de Palmas, sul do Paraná, tem um dos combustíveis mais caros da região, conforme o Sistema de Levantamento de Preços da ANP (Agência Nacional do Petróleo). Em pesquisa realizada na última semana, os motoristas palmenses estão pagando entre R$ 3,08 e R$ 3,13, uma média de R$ 3,10 por litro de gasolina.

Conforme a ANP, num comparativo com Curitiba, os palmenses pagam R$ 0,15 mais caro pela gasolina. Na capital paranaense, a média chega à R$ 2,95. Em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, a gasolina custa em média R$ 3,00 o litro. Em Pato Branco, os motoristas pagam em torno de R$ 3,03 e em União da Vitória, R$ 2,90.

Na região oeste de Santa Catarina, a gasolina mais barata é encontrada em Chapecó, com uma média de R$ 2,92 o litro. Em Xanxerê, os consumidores pagam em torno de R$ 3,07 e em Videira, a gasolina é encontrada à R$ 3,02.

O aumento, que entrou em vigor no dia 30 de novembro, chegou à 4% no valor da gasolina. A Petrobras justificou o aumento, em decorrência da queda em seus lucros no 3º trimestre de 2013. O reajuste refletiu no bolso dos motoristas, que já estão pagando 3% a mais, pelo litro do combustível.