O município de Palmas, sul do Paraná, vacinou 88,68% do público alvo contra a gripe. A informação foi dada pela responsável pelo setor de imunização Luciane Conrad. Os grupos de idosos, indígenas,  puérperas e  trabalhadores da saúde atingiram 100% de seus integrantes. Segundo ela, cerca de 10 mil vacinas já foram aplicadas. As atenções do setor voltam-se agora, principalmente para as crianças, que ainda detém de um índice abaixo da meta.

Informou que o Paraná foi o primeiro Estado a atingir de vacinação e com isso, a campanha foi estendida também para todas as crianças menores de 7 anos. Outro público que preocupa o setor de saúde são as gestantes, grupo com o menor percentual de vacinação. Conforme ela todas as unidades de saúde do município estão atendendo e disponibilizando as vacinas.

A campanha de vacinação contra a gripe deve continuar em todas as cidades, até que todos os grupos atinjam o percentual mínimo de 80% de imunização. A vacina protege contra os três sorotipos virais que mais causam a gripe no país: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Segundo a Secretaria de Saúde do Paraná, a vacinação dos grupos de risco reduz em 45% o número de internações por pneumonia e em até 75% o número de mortes em decorrência da gripe. As doses são aplicadas gratuitamente para quem está nos grupos de risco, em qualquer posto de saúde do estado.