As extinções de empresas em Palmas diminuíram pela metade em 2018. Também houve redução de constituição de novos empreendimentos. É o que mostra o relatório estatístico 2018 da unidade da Junta Comercial local, publicadas em nível estadual.

No período foram constituídas 143 novas empresas e filiais, com redução de 53,28% em relação a 2017. O período também foi negativo nas alterações contratuais, 40,68%, com 390 procedimentos. Na outra ponta, houve queda na extinção de empresas, com 103 registros, 50,72% menos que no ano anterior.Durante todo o ano, a unidade local protocolou 1.638 documentos (-25,88%).

Conforme o relator de processos, Jânio dos Santos Vargas, os dados referem-se as Companhia Limitada, Individuais, Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELi) e  Sociedade Anônima(SA). Além de Palmas, a Agência local realiza procedimentos para os municípios de Coronel Domingos Soares, Mariópolis, Clevelândia e, até mesmo de Pato Branco. Explicou que como o serviço é integrado, muitos contadores e empresários vem ao município agilizar serviços prestados pela Junta Comercial do Paraná(JUCEPAR).

Em relação criação de novas empresas, a Agência de Palmas ficou na 61º dentre as 69 unidades existentes no Estado. Em relação as extinções, a movimentação local alcançou uma posição anterior.