No Paraná, cerca de 208 mil meninas de 11 a 13 anos deverão ser imunizadas contra o papilomavírus humano (HPV), durante a campanha nacional de vacinação que teve inicio ontem (10). Em Palmas, sul do Estado, a meta é a vacinação de 1.500 adolescentes, segundo a responsável pelo setor de imunização, Luciane Conrad.

Informou ela, que o HPV é responsável por 70% dos casos de câncer de colo de útero de todo o mundo. No Brasil, a doença é a terceira causa de morte entre as mulheres, ficando atrás dos tumores de mama e colorretal. Orientou para que as adolescentes procurem os postos de saúde do município, visto que todas as unidades estão disponibilizando a vacina.

Segundo Conrad,  o processo de imunização ocorre em três fases. Em setembro, as adolescentes terão que tomar segunda dose. A última deve ser aplicada cinco anos após a primeira dose. Em 2015 serão vacinadas meninas de nove a 11 anos de idade, e a partir de 2016 toda menina a partir dos nove anos de idade.