O Palmas Futebol voltou a perder para o Mariópolis neste domingo, dia 30, no Campo Gaúcho, por 3 a 1, pela terceira rodada da Copa Sudoeste de Futebol. Na primeira partida entre as duas equipes o placar foi de 4 a 3 para Mariópolis. Com o resultado e 100% de aproveitamento, Mariópolis garantiu a vaga em primeiro no grupo E. Falhas defensivas e erros de finalização foram os fatores preponderantes na derrota palmense.

Corrigir as falhas é o principal dever de casa da equipe do técnico Axé para a última partida decisiva, na primeira fase, no dia 13 de abril no Estádio Dr. José Ferreira de Almeida, quando o tricolor palmense terá pela frente Itapejara D’Oeste. Antes, Itapejara joga contra Mariópolis, dia 6 de abril. Palmas e Itapejara tem apenas um ponto na competição. As duas equipes devem decidir a segunda vaga para a próxima fase no jogo do dia 13 de abril, caso Itapejara vença Mariópolis, Palmas precisará vencer para empatar no número de pontos e conquistar a vaga em segundo do grupo pelo critério de desempate que é o confronto direto.

 

NOTA

Devido à precariedade da estrutura para a imprensa, os profissionais da rádio Club AM emitem esta nota e se desculpam com a audiência da emissora por não conseguir informar com precisão todos os lances da partida entre Mariópolis e Palmas realizado na tarde deste domingo, dia 30, no campo Gaúcho, em Mariópolis. A não disponibilidade de cabine e o tempo chuvoso fez com que a transmissão do jogo fosse realizada dentro da unidade móvel da equipe esportiva, uma extensão de cerca de 20mts foi utilizada para ligar mais de 5 equipamentos eletrônicos necessários para a transmissão, a mesma, ficou exposta a chuva elevando o risco de choque e avaria dos mesmos. 

O fato demonstra, no mínimo, a falta de planejamento do poder público municipal em se preparar para uma competição regional, que tem ampla cobertura das rádios regionais e que indiretamente divulga as potencialidades de cada município participante. As péssimas condições encontradas pela imprensa também se refletiam nos vestiários das equipes, construídos de forma improvisada, demonstrando a total falta de preocupação com os jogadores das duas equipes. Sendo assim, consideramos que a promotora da competição, neste caso a Associação Esportiva do Sudoeste do Paraná – AESUPAR, teria o dever e responsabilidade de, ao menos, verificar as condições mínimas de qualquer estádio de futebol antes da inclusão da equipe na competição.

Os quesitos referentes ao local adequado para: torcida, jogadores e imprensa devem ser sempre respeitados por uma entidade que preze pela boa divulgação de seus eventos. Não respeitar os profissionais de rádio, ou quaisquer outros incluídos nesta nota, é desvalorizar a própria competição, pois são eles que através da cobertura jornalística esportiva incentivam torcedores e os jogadores a acompanharem a competição que não gera nenhuma remuneração, tanto para jogadores, quanto para municípios envolvidos.

Inevitável que os membros da equipe de esportes da emissora tecessem críticas pela falta de estrutura para o trabalho naquela praça esportiva, de forma a prevenir outras emissoras e a própria organizadora do evento AESUPAR, a tempo de corrigir tais falhas, pois devido aos excelentes resultados, a equipe de Mariópolis já está classificada para a próxima fase da competição, portanto, imprescindível que outras emissoras estejam presentes nesse local para transmitir os jogos referentes aos seus municípios.

 

Equipe Esportiva Rádio Club AM

Narrador: Ludimar C. Fontana

Comentarista: Nilo Deitos

Repórter: Otávio Colla

Apresentador esportivo: Guilherme Zimmerman

 

Ficha Técnica: 

Gols: Cezinha (Mariópolis), Parente (Mariópolis), Juninho (Marióplis) e Anderson (Palmas).

Palmas: Almir, Ninho, Giva, Gean, Késsi, Ikinho, Cuca, Nina, Caio, Ferreirinha e Vanil. Entraram: Hélio, Jardel, Anderson, Latinha e Mrquinhos. Técnico: Axé.

Mariópolis: Nego, Edi, Adriano, Bernardo, Capixaba, Dudo, Ederson, Marquinhos, Cezinha, Juninho e Parente. Entraram: Jucenir, João Guilherme, Renan, Guilherme e Neca. Técnico: Stófe.