A administração municipal de Palmas, sul do Paraná, realizará no próximo dia 18, o pregão presencial para compra de equipamentos e insumos, para a implantação do programa Leite Sudoeste no município. Com recursos na ordem de R$ 1,2 milhão, viabilizados através da Secretaria de Agricultura e EMATER, o programa abrange os 42 municípios sudoestinos e irá atuar, inicialmente, em 294 propriedades rurais. O objetivo é melhorar e produtividade do sudoeste, que atualmente produz em torno de 1 bilhão de litros ao ano, e sobretudo, a qualidade do leite, para que o produtor seja melhor remunerado.

Cassaniga comemorou a inclusão de Palmas no programa
  • Compartilhe no Facebook

Cassaniga comemorou a inclusão de Palmas no programa

Em Palmas, seis propriedades escolhidas pelo Conselho Municipal de Agricultura serão beneficiadas pelo programa. De acordo com o diretor do departamento de agricultura, Edson Cassaniga, o município recebeu R$ 22 mil que serão destinados à melhorias nas propriedades escolhidas, com bebedouros, adubação de pastagens, correção de solo, entre outros pontos. Posteriormente, a propriedades serão abertas para que outros produtores rurais possam acompanhar o desenvolvimento do programa, além da realização de treinamentos e dias de campo.

Cassaniga reconheceu que os recursos são poucos, em vista da necessidade dos pequenos produtores, no entanto, enfatizou as técnicas e aprendizagens as quais os agricultores terão acesso através do programa. “Embora sejam poucos recursos, queremos mostrar que, se aplicado de forma adequada, consegue uma evolução da propriedade (…) É um programa excelente, acredito que deveriam haver mais programas nesse sentido, em que o produtor tenha evolução técnica. Que aquilo que ele aprender, a experiência que ele vai ter, isso ninguém vai tirar dele.”, disse.

Ouça: