O Palmas Esportes foi à Astorga neste sábado (23) para a segunda rodada da 2ª fase do Paranaense de Futsal – Série Bronze. Com a segunda partida consecutiva fora de casa, um empate não era visto como mau resultado, porém, apresentando muitos desfalques e desatenção na marcação, especialmente no primeiro tempo, o tricolor palmense viu o time de Astorga abrir 3 a 0, ainda antes do intervalo.

Com um segundo tempo melhor, apresentando mais tranquilidade e marcação mais compacta, Palmas marcou dois gols nos 3 minutos iniciais com Thiaguinho e Jefinho. No final do jogo, restando pouco mais de 2 minutos, o técnico André colocou o goleiro linha, com esta mudança o time criou duas oportunidades de gol que não foram convertidas, uma delas a bola tocou o travessão e saiu no chute de Burrego. Ainda houve tempo para Astorga marcar o quarto gol no contra ataque quando restavam 4 segundos para o encerramento do jogo, final Astorga 4 a 2.

Mesmo perdendo, Palmas se mantém entre os quatro primeiros colocados, pois Cambé perdeu novamente em casa, desta vez para Salto do Lontra pelo placar de 3 a 1 e Missal, que ainda não venceu na segunda fase, foi goleada por Irati por 8 a 2.

No próximo sábado, dia 30, Palmas joga em casa no Monsenhor Engelberto contra Irati, única invicta na competição e líder do grupo E com 6 pontos. Nas duas oportunidades em que se enfrentaram na primeira fase, os visitantes levaram a melhor, no primeiro jogo vitória por 9 a 3 e no jogo de volta 3 a 1.

O jogo será às 20h30 e terá transmissão da equipe Gol de Placa da Rádio Club, o ingresso antecipado é R$ 6,00 e na hora R$10,00, crianças não pagam.

Regulamento é para todos

Mais uma vez a Federação deixou muito a desejar, na primeira partida de Palmas em Salto do Lontra, a falta de placar eletrônico e isolamento do banco de reservas, exigências do regulamento, foram simplesmente ignorados pela arbitragem do jogo, na partida deste sábado em Astorga, a falta de isolamento do banco de reservas mais uma vez não foi corrigida pela arbitragem, sem contar a pouca iluminação da quadra que foi “completada” por refletores improvisados prejudicando o bom espetáculo. A ausência de cabines de transmissão para a imprensa e venda de cerveja em latas foram outros fatores evidenciados e que vão rigorosamente contra o que determina o regulamento da competição.

Entendemos que Federação Paranaense de Futsal tem que aplicar o regulamento do campeonato para todas as equipes, sem exceção. Se isto não acontecer, não tem o porquê de exigir comportamento para umas equipes e para outras fazer vistas grossas. Tem ginásios que não tem o mínimo exigido para sediar jogos: iluminação péssima, inexistência de placar etc… e mesmo assim, têm partidas realizadas deliberadamente.

Por fim, analisando que muitas das regras atuais da bronze são quase impossíveis de serem cumpridas por essas pequenas equipes, ter bom senso e ajusta-las à realidade da maioria fortaleceria o rótulo de  segunda divisão de futsal, mais que isso, faria com que todas as equipes que participam ou queiram participar; pudessem efetivamente cumprir o regulamento. Assim, a Federação, terminantemente poderia ser mais isonômica em suas cobranças.

Classificação:

Grupo E:

1º Assifusa/Irati – 6 pts

2º Atorga Futsal – 6 pts

3º Salto do Lontra – 4 pts

4º Palmas Esportes – 1 pts

5º Cambé Futsal – 0 pt

6º Missal Futsal – 0 pt

[textmarker color=”C24000″]FICHA TÉCNICA:[/textmarker]

[textmarker color=”C22708″]PALMAS 2 X 4 ASTORGA[/textmarker]

Data e horário: 23/08/2014, às 20h30

Local: Complexo Esportivo Municipal, em Astorga (PR)

Árbitro 1 – Fabio Henrique de Oliveira (Loanda)

Árbitro 2 – Leandro Natalio Coelho da Silva (Londrina)

Anotador – Marcos Antonio Uber (Loanda)

Cronometrista – Alexandre Albertoni Neto (Londrina)

Cartão amarelo: Marcelinho, Abatiá e Thiaguinho (Palmas). Negão e Doguinha (Astorga)

[textmarker color=”C24000″]Gols – Thiaguinho e Jefinho (Palmas). Vanin (2), Felipe e Alan (Astorga)[/textmarker]

Palmas: Sapo, Burrego, Marcelinho, Jefinho e Abatiá. Entraram: Thiaguinho, Jefinho, Edi. Izaias, Naninho, e Valmir. Técnico: André Carrinho.

Astorga: Guilherme, Negão, Doguinha, Felipe e Vanin. Entraram: Xandy, Ceará, Marcelo e Alan. Técnico: Rodrigo Constantino.