Prefeitos de Palmas e Coronel Domingos Soares estão cumprindo agenda conjunta em várias secretarias do governo do Estado nesta semana. Ambos buscam apresentar e reforçar pleitos em relação a melhorias de estradas e pontes que ligam os respectivos municípios.

Acompanhados por assessores; deputado estadual, Paulo Litro(PSDB); e os vereadores palmenses, Cidnei Cristian Allebrandt e Marquinhos Gomes, os prefeitos, Hilário Andraschko e Valdir Vaz,solicitaram ao Secretário de Infraestrutura e Logística, Pepe Richa, ações do governo para melhorias da rodovia PR 912, bem como, uma solução definitiva para a ponte do Abarracamento. Na ocasião, os executivos manifestaram disposição nas contrapartidas municipais no auxilio ao governo estadual para resolução dos problemas que se arrastam há anos.

Além desses assuntos comuns, a acompanhados do deputado Hussein Bakri(PSC), a comitiva palmense esteve reunida com o Secretário de Desenvolvimento Urbano(SEDU) Ratinho Junior. Na pauta de reivindicações, apresentaram um plano de aplicação de recursos pretendidos, via empréstimo, para investimentos de revitalização asfáltica de algumas vias  e pavimentação total de outras no perímetro urbano de Palmas.

Recentemente a Câmara de Vereadores aprovou Projeto de Lei autorizando o município a tomar empréstimos até o limite de R$ 7 milhões de reais, conforme sua capacidade de endividamento. O documento foi apresentado ao Secretário estadual, que sinalizou que parte destes recursos podem ser liberados ainda neste ano.

Junto a pasta de infraestrutura e logística, o município de Palmas solicitou que sejam procedidas modernizações em todos os trevos de acesso à cidade pelas rodovias PR 280 e 449. Também trataram de questões relativas a melhorias e obras de acesso ao Parque Industrial de Palmas, ao final da Rua José Joaquim Bahls. Constou da pauta ainda, a reforma da ponte da localidade de São Lourenço.

O resultado dos encontros nas respectivas secretarias e demais órgãos governamentais que constam da agenda de visitas deverão ser ampliados no retorno dos representantes municipais.