Palestra trará orientações a empresários sobre a gestão de pessoas em momentos de crise

por Redação RBJ em 21 de Janeiro de 2016 14:47
por Redação RBJ em 21 de Janeiro de 2016 14:47

ronichittoni

Os desafios na gestão de pessoas para o enfrentamento de crise, ideias para a contratação de pessoal e formação de talentos serão alguns dos assuntos em debate na noite de hoje (21), na palestra “Gestão de Pessoas para Vencer a Crise”, com Roni Chittoni. O evento acontece no auditório da Associação Comercial de Palmas, Sul do Paraná, numa parceria com o Sebrae e o Movimento Palmas Desenvolvida.

Em entrevista ao RBJ, o empresário, com mais de 30 anos de experiência como empreendedor e atuação no ramo de recrutamento executivo, destacou alguns pontos que serão abordados na palestra desta noite. Para ele, a principal preocupação que qualquer empresário deve ter é sobre quais pessoas estão sendo contratadas para trabalhar em sua empresa. “Todo empresário quer o melhor caixa, o melhor vendedor, melhor balconista, mas apesar da grandeza desse assunto, ainda não temos uma fórmula certa de como contratar as melhores pessoas.”, aponta Chittoni.

Destacou a sua experiência na liderança de equipes para a troca de informações com os participantes da palestra. “Hoje à noite, é a oportunidade do empresário de Palmas ouvir a experiência de quem teve uma grande empresa, esteve envolvido com o gerenciamento de pessoas, na formação de talentos. Esse é um assunto que merece uma atenção fundamental na gestão do dia a dia.”, salientou.

Ao falar sobre o cenário de crise que o país enfrenta, Chittoni destaca a importância de o empresário trabalhar a motivação dos funcionários, mesmo diantes das dificuldades. Conforme ele, são duas situações: de um lado, está uma forma de gestão para a resolução de crises ou adversidades de curto prazo e do outro, a necessidade de se construir resultados de longo prazo. “Fazer o contraste entre um e outro é de onde emerge uma inteligência de gestão, que tem condições de colocar qualquer empresa num patamar de desempenho superior.”, orienta, salientando que é importante que o empresário faça com que o funcionário não olhe apenas para as respostas imediatas, mas que ele também tenha ciência da sua participação na construção de uma sociedade melhor.

Por outro lado, avalia que a atual crise econômica pode ser encarada como uma espécie de “chamado”, como oportunidade para que classes da sociedade, através de movimentos civis, saiam de uma atuação espectadora, passando a atuar como agentes de transformação, colocando-se acima de bandeiras partidárias, citando o exemplo do Movimento Palmas Desenvolvida. “Com esta iniciativa, Palmas atende a essa ideia, de proporcionar ao empresário a oportunidade que ele se apresenta como um agente de transformação social, econômica, empresarial”, destacando a importância de se incutir na mentalidade do empresariado, o seu papel de construtor social, que vai muito além da sua atuação como patrão e empregador.

Para Chittoni, é necessário incentivar que o gestor participe de palestras, mesas redondas e eventos em que haja a troca de experiências. “Criar oportunidades como essa de hoje à noite, de grupos que se comprometem por um objetivo e incentivar que as pessoas se envolvam na construção de um grupo maior e que esses indivíduos apresentem-se como agentes de transformação. Eu tenho certeza que essa é uma forma de estimular o empresário em participar da construção de uma sociedade melhor.”, avalia.

As inscrições para a palestra devem ser realizadas na Acipa. O valor é de R$ 60,00 para não associados e R$ 40,00 para associados. O evento inicia as 20h, nesta quinta-feira (21), no auditório da Associação Comercial.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar