por Ivan Cezar Fochzato
 

Foi realizada na noite de ontem (30) no auditório da ACIPA(Associação Comercial e Empresarial) a palestra com vistas a implantar em Palmas, um Observatório Social do Brasil.Foi ministrada pela Diretora Executiva do OSB (Observatório Social do Brasil) Roni Enara Rodrigues, onde apresentou as funções e atribuições do observatório no exercício da cidadania fiscal. Também esteve presente o Vice-presidente para Assuntos de Defesa e Controle Social do OSB, Ney da Nóbrega Ribas. O evento contou com a presença de empresários do município, além de representantes membros de várias entidades publicas e privadas do município.

 

width=150
  • Compartilhe no Facebook

 

A Diretora destacou que o OSB tem atuação ampla, desde a orientação à sociedade sobre a importância social e econômica dos recursos públicos gerados pelo pagamento de impostos e no controle social dos recursos públicos pelas prefeituras e câmaras de vereadores, através das licitações ou outros meios. Salientou que o OSB não pretende apenas combater à corrupção, através dos desvios, mas pelo monitoramento do sistema de compras das prefeituras e câmaras de vereadores, atuando ativamente junto aos responsáveis pelos gastos públicos, até mesmo como forma de auxiliá-los em suas gestões.

 

Explicou  que o OSB não tem poder de responsabilizar, mas como organismo técnico ao ser detectada determinada irregularidade na aplicação dos recursos públicos, o gestor é informado para que corrija as distorções. Não procedendo dessa maneira, o fato então encaminhado ao Poder Legislativo. Caso seja igualmente negativo, a irregularidade encontrada é encaminhada ao Ministério Público, Tribunal de Contas, CGU e demais organismos responsáveis pelo controle público no Brasil. Com isso, conforme ela, é possível, gerar economia que garantirá atendimento a setores que até então estavam descobertos pela alegação da falta de recursos. Clique e ouça

 

 

align=middle
  • Compartilhe no Facebook

O Vice-presidente para Assuntos de Defesa e Controle Social do OSB, Ney da Nóbrega Ribas, salientou que o Observatório Social do Brasil é hoje uma das ferramentas efetivas para contribuir para melhoria da gestão pública, através do envolvimento da sociedade no controle para a correta aplicação dos recursos públicos bem como no acompanhamento da forma como é aplicado o dinheiro. “Ai começa a sobrar dinheiro”, disse ele.

 

align=right
  • Compartilhe no Facebook

 

Informou que  há situações em  que com a atuação do OBS, gestores municipais conseguiram aumentar de 2 para 12% a capacidade de investimento no município. “O acompanhamento de licitações, aumento da concorrência de empresas para vendas públicas, o controle social comunidade são fundamentais” disse ele. Clique e ouça

 

 

CONHEÇA MAIS SOBRE O OBSERVATORIO SOCIAL DO BRASIL